Bradesco (BBDC4): ações seguem em movimento de lateralização, sem tendência definida, aponta análise técnica

Compartilhar

As ações do Bradesco (BBDC4) registram desvalorização de 6,76% em 2023, iniciando o pregão desta segunda-feira (6) cotadas a R$ 13,63. Segundo analistas técnicos, os papéis do bancos seguem em um movimento de lateralização, sem um tendência definida.

Para o Itaú BBA, em relatório assinado por Fábio Perina, Lucas Piza e Igor Caixeta, esse cenário, de ações sem tendência definida, deve seguir enquanto o ativo permanecer entre o intervalo de R$ 13,00 e R$ 15,50, que são as regiões de suporte e resistência mais relevantes.

“Dentro deste intervalo temos regiões intermediárias que chamam atenção. No caso de baixa, o suporte fica em R$ 13,45 e, no lado da alta, as resistências estão em R$ 14,30, R$ 14,65 e R$ 15,00.

Conforme Pam Semezzato, analista técnica da Clear, no curtíssimo prazo [conforme gráfico diário abaixo], as ações ainda não conseguiram mostrar confirmação de tendência de baixa, já que ainda não romperam o fundo anterior, de R$ 13,10, e vem mostrando fundos cada vez mais altos nesse último movimento, de dezembro até agora.

Análise técnica BBDC4. Fonte: ProfitChart

Bradesco médio prazo

Analisando desde 2019, as ações [conforme gráfico abaixo] não conseguem renovar suas máximas, nem perder o fundo anterior, do movimento maior, acrescentou ela.

“Com isso, segue em lateralização, no médio prazo, com extremidades em R$ 11,60 e R$ 24,50. E, no curto prazo, trabalha em um range bem respeitado, desde setembro de 2021, com suporte em R$ 16,50 e resistência em R$ 19,50.”

BBDC4. Fonte. ProfitChart

Para ela, com o rompimento da lateralização, que ocorreu em novembro de 2022, a ação começou a trabalhar em regiões mais baixas de preço e próximas do suporte mais importante, de R$ 11,60.

Pam ressalta que, caso aconteça o rompimento deste ponto, a ação pode vir a testar a região de R$ 9,00, novamente, que é fundo de 2014 e 2016.

BBDC4: longo prazo

Saiba como diversificar o patrimônio e diminuir seus riscos investindo no exterior com facilidade e segurança (parceria com a XP)

BBDC4. Fonte: ProfitChart

No longo prazo, a tendência para as ações do Bradesco ainda é de alta [conforme gráfico acima], já que há topos e fundos ascendentes desde o início das negociações na Bolsa.

“O primeiro suporte e fundo mais relevante está em R$ 11,60, que é o topo de 2014 e 2015 e o fundo de 2020″, reforçou ela.

Por fim, em resumo, a analista pontua que BBDC4 segue em tendência de alta no longo prazo, mas lateral tanto no médio quanto no curto prazo.

“Para mudar essa tendência no curto prazo precisa romper o fundo de R$ 13,10 ou o topo de R$ 15,50“, finaliza.

O que é análise técnica?

Também chamada de análise gráfica, é uma forma de prever os movimentos das ações utilizando-se do histórico delas por meio do gráfico.

A análise se tornou popular com o jornalista Charles Dow, fundador do Wall Street Journal, que também empresta seu nome ao mais tradicional índice acionário dos Estados Unidos, o Dow Jones.

Suporte e resistência

Os suportes são regiões de preço que costumam atrair compradores sempre que a ação atinge aquele patamar. Ou seja, o papel sobe após atingir aquela cotação.

As resistências, ao contrário, são regiões de preços que costumam atrair vendas. Ou seja, a ação geralmente cai após bater naquela cotação.

Uma regra importante na análise técnica é a da bipolaridade, que significa que o suporte, quando rompido se torna uma resistência e a resistência, quando superada, torna-se um suporte.

The post Bradesco (BBDC4): ações seguem em movimento de lateralização, sem tendência definida, aponta análise técnica appeared first on InfoMoney.

Gabriela Vogado, da Agência Brasília | Edição: Renata Lu

Deixe um comentário