Homem agride mulher na frente de duas crianças e é flagrado por câmera, em João Pessoa


Mulher fez pedido de medida protetiva de urgência. Suspeito fugiu após as agressões e ainda não foi localizado. Homem é flagrado agredindo mulher em prédio de João Pessoa Uma mulher foi agredida em um prédio residencial do bairro de Muçumagro, na capital João Pessoa, na noite da terça-feira (31), conforme mostram imagens das câmeras de segurança do local, que registraram o crime. A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher está investigando o caso. O suspeito ainda está sendo procurado pelas autoridades. (Assista ao vídeo acima). Nas imagens, é possível ver que, além da vítima, uma outra mulher e duas crianças estavam em um corredor, por volta das 20h30 de terça-feira (31), quando um homem, que não teve a identidade revelada pela polícia, aparece e começa a agredir uma das mulheres com vários socos e chutes. A vítima inicialmente estava com uma das crianças próxima a ela, mas, devido à cena violenta, a criança se afasta. LEIA TAMBÉM: Lei obriga condomínios da PB a denunciar violência doméstica desde 2020 Cerca de 11 medidas protetivas foram solicitadas por dia na Paraíba em 2022 O vídeo mostra também que uma das crianças está com um cinto na mão e tenta impedir o agressor usando o objeto. Após a ação, o homem aparece nas filmagens voltando para um dos apartamentos no prédio residencial e pegando pertences dentro do local e, posteriormente, saindo. Após fugir, a polícia ainda busca pelo suspeito. De acordo com a Polícia Civil, o caso foi denunciado à Polícia Militar por moradores do prédio onde ocorreram as agressões. Um inquérito policial, que tramita em segredo de justiça, foi aberto. Além disso, foram providenciadas medidas protetivas de urgência, assim como o acompanhamento da Patrulha Maria da Penha para a vítima, que também foi encaminhada para Exame de Corpo de Delito. Imagens flagram agressão de homem em mulher, na capital João Pessoa TV Cabo Branco Como denunciar Denúncias de estupros, tentativas de feminicídios, feminicídios e outros tipos de violência contra a mulher podem ser feitas por meio de três telefones: 197 (Disque Denúncia da Polícia Civil) 180 (Central de Atendimento à Mulher) 190 (Disque Denúncia da Polícia Militar - em casos de emergência) Além disso, na Paraíba o aplicativo SOS Mulher PB está disponível para celulares com sistemas operacionais Android e iOS e tem diversos recursos, como a denúncia via telefone pelo 180, por formulário e e-mail. As informações são enviadas diretamente para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, que fica encarregado de providenciar as investigações. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Dino

Deixe um comentário