Homem é atropelado e morto a facadas, em João Pessoa; polícia suspeita que ele tentou assaltar casa


De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi morta após ser atropelada por uma caminhonete, esmagada contra um muro e golpeada por facadas em Cruz das Armas. Polícia ainda suspeita que ele tentou assaltar casa em Jaguaribe. Homem é atropelado e morto a facadas, em João Pessoa; polícia suspeita que ele tentou assaltar casa Reprodução/TV Cabo Branco Um homem não identificado foi atropelado por uma caminhonete e morto com golpes de faca na madrugada desta quarta-feira (1º), no bairro de Cruz das Armas, na zona oeste de João Pessoa. A Polícia Civil afirma que uma ameaça da vítima contra a família do motorista dentro de uma residência em Jaguaribe teria sido o início do caso. O motorista do veículo fugiu após o crime. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram O crime aconteceu na rua Tenente Gil Toscano, no bairro de Cruz das Armas, e, de acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 4h, quando um homem foi atropelado e esmagado contra um muro de uma residência e, em seguida, golpeado com facadas pelo motorista do veículo, e morreu no local. O motorista da caminhonete fugiu após o crime. Segundo o delegado Leonardo Souto Maior, que investiga o caso, o Centro Integrado de Operações (CIOP) recebeu um chamado sobre uma possível ameaça com a utilização de arma branca em uma residência no bairro de Jaguaribe, e que, por consequência, teria motivado esse novo crime. A vítima fatal estava transitando pela região, quando o motorista do veículo fez a abordagem e utilizou o veículo para esmagar o suspeito contra a parede. Imagens de circuito de segurança capturaram o homem momentos antes de ser atropelado e morto em Cruz das Armas Divulgação/TV Cabo Branco A defesa do motorista da caminhonete em entrevista à TV Cabo Branco informou que o motorista, que é empresário, teve a residência invadida por um homem armado com uma faca e ameaçou todas as pessoas da casa, inclusive uma criança de cerca de três anos. Esse assaltante teria obrigado a família que o entregasse uma quantia em dinheiro que teria no local. A defesa do motorista da caminhonete ainda alega que, após o suspeito sair da residência, a esposa do empresário viu a direção que o assaltante fugiu, informou ao marido que seguiu na intenção de localizar o suspeito. Após localizá-lo, o empresário atropelou o suspeito, houve luta corporal e, em seguida, o empresário golpeou o suspeito com facadas. Em entrevista à TV Cabo Branco, a defesa do motorista da caminhonete disse que está esperando o momento de livrar flagrante para apresentar o motorista à autoridade judiciária para esclarecimentos. A Polícia Militar e Polícia Civil estiveram no local do crime, realizaram o isolamento da área e iniciaram os procedimentos de perícia. O caso está sendo investigado. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Dino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *