Casal comemora 78 anos de casados no Sertão de Pernambuco com 16 filhos, 32 netos, 34 bisnetos e conta segredo: ‘amor e paciência’


Dona Socorro é prima do Sr. Eufrazino, e ainda na adolescência, aos 14 anos, com o apoio dos amigos e consentimento da família, eles começaram a namorar. Casal celebra 78 anos de casados no Sertão de Pernambuco Uma família pernambucana com mais de 60 pessoas comemora nesta terça-feira (29), em Serra Talhada, Sertão de Pernambuco 78 anos de casamento dos pais. Maria do Socorro dos Santos, de 93 anos, e Eufrazino Pedro dos Santos são casados há quase oito décadas. (Veja vídeo) Casal pernambucana completa 78 de casados. Arquivo pessoal Dona Socorro é prima do Sr. Eufrazino, e ainda na adolescência, aos 14 anos, com o apoio dos amigos e consentimento da família, eles começaram a namorar. Ela nasceu em Baixo da Carnaúba e ele no Sítio Bom Conselho, comunidades da área rural de Serra Talhada. "Ele cuidava do gado do meu pai, eu sempre ia na casa dele. Eu sempre via ele namorando. Ele era muito namorador. Fui então dá um recado da namorada dele (atual na época), ele disse que não queria o recado, que queria namorar comigo", disse Socorro. Maria do Socorro e Sr. Eufrazino Pedro moram no Sertão de Pernambuco. Arquivo pessoal Dona Socorro noivou aos 14 anos e aos 15, casou com o Sr. Eufrazino. A aposentada conta que o pai dele, tio dela, gostava muito dela, e de "cara" aceitou a união dos primos. Do relacionamento, o casal teve 16 filhos, nove estão vivos. No total, já são 32 netos e 34 bisnetos, de uma família que cresce a cada dia. No início do casamento, Socorro passava boa parte do tempo em casa, cuidando dos filhos. No tempo que restava ela exercia a função de costureira. Já Eufrazino, trabalhou em várias profissões: agricultor, caminhoneiro e até mesmo como fotógrafo. Segundo o casal, a época era de muito trabalho, como toda família, também foram muitas as dificuldades, problemas, momentos de tristeza e claro, de muitas alegrias. Mas, nada disso impediu a família crescer e se multiplicar com o passar das décadas. "O amor e o carinho me fizeram superar tudo. O conselho que eu dou pra os mais novos é que é preciso ter amor e paciência", disse. Casal celebra 78 anos de casados no Sertão de Pernambuco. Arquivo pessoal

Celimar de Meneses

Deixe um comentário