Simpósio de Saúde e Segurança do SESI Paraíba debate sustentabilidade social nas organizações na agenda ESG


O evento reuniu especialistas de todo o país para discutirem as transformações da sustentabilidade e os impactos sociais nas corporações. Esta edição do simpósio focou nas estratégias ESG, tema amplamente discutido nos últimos anos Divulgação/Fiep O SESI Paraíba realizou, no início do mês de novembro, mais uma edição do Simpósio de Saúde e Segurança, com foco na sustentabilidade social no contexto das práticas ESG nas organizações. O evento foi realizado na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba - FIEPB, em Campina Grande, e reuniu especialistas, empresários e profissionais de Saúde e Segurança do Trabalho e de Recursos Humanos. O conceito ESG vem sendo amplamente discutido nos últimos anos, sobretudo pela urgência dos debates sobre os desafios globais que envolvem as mudanças climáticas e a desigualdade social. Por isso, com o objetivo de disseminar informações importantes sobre essas práticas, sobretudo no que diz respeito à sustentabilidade social, o SESI reuniu especialistas de todo o país para debaterem sobre as transformações da sustentabilidade e os impactos sociais nas corporações. O gerente de Projetos e Desenvolvimento em Saúde e Segurança na Indústria do SESI Nacional, Thiago Yhudi Taho, apresentou a atuação do SESI na agenda ESG. Divulgação/Fiep A primeira palestra, realizada pelo gerente de Projetos e Desenvolvimento em Saúde e Segurança na Indústria do SESI Nacional, Thiago Yhudi Taho, apresentou a atuação do SESI na agenda ESG, que vem trabalhando o pilar social dentro dessas práticas, buscando desenvolver de forma sustentável as organizações, através de seus serviços de Saúde e Segurança do Trabalho e Promoção da Saúde, por exemplo. Grácia Fragalá, vice-presidente do Conselho Superior Feminino da FIESP, discutiu os desafios da sustentabilidade empresarial na era do ESG. “Esses desafios estão ligados, principalmente, aos vários washings, que são aquelas práticas não efetivas, relacionadas aos temas ESG. Muitas empresas intentam fazer práticas relacionadas ao ESG e acabam fazendo coisas superficiais. Então esse é o grande desafio, desenvolver práticas efetivas, que vão dar o reconhecimento, e é por outro lado a grande oportunidade, as empresas olharem para os seus negócios, encontrarem aquilo que elas já desenvolvem nas dimensões ambiental, social e de governança e aí sim desenvolver ações, aprofundar essas ações, conectar essas ações com os princípios e poder receber o reconhecimento pelas boas práticas que elas já executam”, explicou. As empresas têm adotado uma postura alinhada à agenda ESG e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, e para isso implementando inovações que vão além das tecnologias. “Esse evento tem uma importância muito grande, porque o ESG vem sendo falado em vários ambientes empresariais, e o SESI, no papel que ele ocupa, e com o propósito que ele cumpre junto com a FIEP, em parceria também o SENAI, promovendo esse debate, está incentivando as organizações aqui da Paraíba a fortalecerem suas práticas sustentáveis, por exemplo, por meio da inovação”, declarou o consultor em Modelagem e Estratégias de Negócios, Eduardo Bockel, que apresentou em sua palestra o tema Inovações Sustentáveis. Estandes mostraram os serviços do Sistema Indústria da Paraíba durante o evento Divulgação/Fiep O evento foi encerrado com uma palestra sobre saúde mental como estratégia de transformação social das empresas, com a psiquiatra, Márcia dos Santos, que destacou a esfera psicológica no ambiente de trabalho como um pilar importante no contexto social das organizações. Durante o simpósio, em estandes montados no hall da FIEPB, foram expostos os principais serviços do Sistema Indústria da Paraíba, realizados através do SESI, do SENAI e do IEL. Além disso, o SESI apresentou a unidade móvel de telessaúde, que busca dinamizar os atendimentos médicos feitos para os trabalhadores da indústria, oferecendo consultas online, e foi oficializada a adesão ao movimento Gerar Bem-Estar, que favorece a promoção da saúde e a prevenção de doenças no contexto do trabalho nos ambientes corporativos, através de ações de qualidade de vida.

Dino

Deixe um comentário