Medida cautelar do TCE determina fechamento do lixão em Serra Talhada


Auditores receberam uma denúncia de que o local que deveria funcionar apenas como um transbordo, estaria se transformando num lixão a céu aberto, pondo em risco a saúde da população. Medida Cautelar determina fechamento de lixão no Sertão. TCE O presidente do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE), conselheiro Ranilson Ramos, emitiu uma medida cautelar nesta quarta-feira (27) determinando à prefeitura de Serra Talhada , Sertão de Pernambuco o encerramento do espaço utilizado como estação de transbordo, constatado como um verdadeiro lixão a céu aberto. A medida pede para que o espaço seja fechado até o dia 31 de dezembro deste ano, bem como a adoção de medidas no sentido de transportar os resíduos sólidos urbanos para o aterro sanitário mais próximo do município. A cautelar atendeu a um pedido da equipe de auditoria do TCE após inspeção feita no local na terça-feira (26). Os auditores receberam uma denúncia de que o local que deveria funcionar apenas como um transbordo, estaria se transformando num lixão a céu aberto, pondo em risco a saúde da população. O descarte irregular do lixo representa uma ameaça à saúde da população local e ao meio ambiente. Um trabalho realizado pelo Tribunal de Contas junto aos 184 municípios pernambucanos levou ao encerramento dos lixões no Estado em março deste ano. O g1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Serra Talhada que disse que nesta quarta-feira (27), duas carretas estão retirando todo o resíduo sólido que estava acumulado e destinando ao local correto, a usina de resíduos sólidos do Pajeu, em Afogados da Ingazeira.

Celimar de Meneses

Deixe um comentário