Empresário e vigilante são presos e policial é alvo de mandado por crimes de violência contra a mulher em Caruaru


Operação 'Dandara' foi deflagrada em Caruaru, no Agreste. Polícia apreendeu armas usadas para ameaçar mulheres. Material foi apreendido na Operação Dandara em Caruaru Divulgação/Polícia Civil Na segunda (8) e terça-feira (9), a Polícia Civil de Pernambuco deflagrou a Operação Dandara em Caruaru, no Agreste. Durante a operação, dois homens foram presos, um empresário e um vigilante de segurança privada, e um policial penal foi alvo de um mandado de busca e apreensão domiciliar por crimes de violência contra a mulher. Os homens ameaçavam as mulheres com armas de fogo, de acordo com a polícia, e foram autuados por Porte Ilegal de Arma de Fogo de Uso Restrito e Posse Ilegal de Arma de Fogo. De acordo com a polícia, a operação, com foco na apreensão de armas de fogo, resultou no cumprimento de dois mandados de busca e apreensão de arma de fogo, duas prisões em flagrante delito, um afastamento do lar. Ao todo, foram três suspeitos: Empresário, de 34 anos: foi preso e também é investigado na Delegacia da Mulher pelos crimes de Lesão Corporal, Ameaça, Injúria e Violência Psicológica por Violência Doméstica e Familiar, crimes que eram praticados na presença de suas duas filhas menores de 3 anos e 1 ano de idade, esta última tem uma síndrome rara; Vigilante de segurança privada, de 35 anos: foi preso, alvo de mandado de prisão por ameaçar a companheira com arma de fogo; Policial penal, de idade não divulgada: foi alvo de um mandado de busca e apreensão em casa, investigado pro crimes de violência contra mulher, que também teve as armas e munições apreendias, em cumprimento a ordem judicial do Juízo da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher. Polícia apreendeu armas na Operação Dandara em Caruaru Divulgação/Polícia Civil Os dois presos tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva e foram recolhidos à Penitenciária Juiz Plácido de Sousa em Caruaru. Durante a operação, o material apreendido pela polícia foi: 2 espingardas calibre 12; 1 revólver calibre 38; 1 revólver calibre 357; 2 pistola calibre 9mm; 688 munições calibre 9mm; 333 munições calibre 12; 18 carregadores de pistola 9mm; 2 carregadores de pistola PT 100 calibre 40; além de estojos diversos, coldres e cartucheiras .

Celimar de Meneses

Deixe um comentário