Neto suspeito de matar avô em Campina Grande é preso em Pernambuco


Homem de 27 anos também foi preso suspeito de matar o “neto errado” ao tentar vingar morte do idoso. Idoso teria sido espancado com golpes de capacete desferidos pelo neto, que fugiu levando dinheiro e objetos da casa do avô Reprodução/TV Paraíba Um homem de 35 anos foi preso no sábado (27), em Pernambuco, suspeito de latrocínio contra o próprio avô idoso, em Campina Grande, em um crime que aconteceu no último dia 20. Ainda no sábado, em Campina Grande, a Polícia Civil prendeu um jovem de 27 anos suspeito de matar o “neto errado”, ao tentar vingar a morte do idoso. O primeiro crime aconteceu no dia 20 de janeiro, no bairro do Santa Rosa. José Firmino, de 87 anos, foi morto dentro da própria casa, após ser espancado com golpes de capacete. O suspeito do crime seria o neto dele, Josinaldo da Costa Lima, conhecido como Buiu, que após espancar o avô, fugiu levando objetos de valor e dinheiro. José Firmino chegou a ser levado para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas não resistiu e morreu no mesmo dia. Homem é suspeito de matar o avô no bairro de Santa Rosa Já na quinta-feira (25), um homem que queria vingar a morte de José Firmino procurou e localizou uma pessoa que ele achava que era Buiu, neto da vítima. Jadilson Lima Silva, que também era conhecido como Buiu, acabou sendo baleado por engano. Ele também foi socorrido e levado para o Hospital de Trauma, mas não resistiu e morreu na sexta-feira (26). No sábado, equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, com apoio da Polícia Militar de Pernambuco, localizaram e prenderam Josinaldo da Costa Lima, que estava escondido na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, desde o dia do crime. No mesmo dia, equipes da Delegacia de Homicídios de Campina Grande também conseguiram prender Gustavo dos Santos Andrade, de 27 anos, suspeito de matar o Buiu errado. Os dois estão detidos na Central de Polícia Civil de Campina Grande, à disposição da Justiça. Vídeos mais assistidos da Paraíba

Dino

Deixe um comentário