Após anos estudando, jovem de Caruaru fica em 1º lugar em Medicina na UFPE: ‘Sentimento indescritível’


Resultado da aprovação de Maria Kamyla foi divulgado na lista oficial do Sisu 2024, que saiu na última quarta-feira (31). Maria Kamyla foi aprovada em primeiro lugar em Medicina na UFPE em Caruaru Arquivo pessoal A estudante Maria Kamyla, de 21 anos, conquistou o primeiro lugar no processo seletivo do Sisu 2024 para o curso do Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no campus de Caruaru, no Agreste. Há anos estudando e se preparando para o processo seletivo, a aluna não conseguiu passar por pouco em 2023, mas não desistiu do sonho. Maria Kamyla concluiu o curso técnico integrado de Segurança do Trabalho no Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). Foi durante o curso que ela se apaixonou pela matéria de Atendimento Pré-Hospitalar. "Tínhamos a possibilidade de cuidar e melhorar a qualidade de vida das pessoas, isso me encantou", disse a estudante. Após concluir o curso, na metade de 2021, Maria continuou estudando em preparação para as provas do Enem. Ela contava com ajuda de professores de cursinhos preparatórios de redação e literatura, estudava também por meio de plataformas digitais e fazia simulados. No ano passado, Maria Kamyla chegou a ficar em terceiro lugar na lista de espera do curso de Medicina na UFPE em Caruaru. No entanto, só uma pessoa da lista entrou na vaga e a estudante ficou de fora. Começou então mais uma preparação para as provas do ano seguinte que, além dos estudos, contou com acompanhamento psicológico. "Acredito que um dos principais fatores que ajudaram meu crescimento foi mudar a forma que encarava o Enem, não como um inimigo mas sim como uma porta para alcançar meu sonho", afirmou Maria Kamyla. O resultado do Sisu foi publicado na última quarta-feira (31). O nome em primeiro lugar na lista foi, para Maria Kamyla, a recompensa pelo esforço de tantos anos estudando e se preparando. "Tudo isso é um sentimento indescritível, você ver todo seu esforço e dedicação enfim serem recompensados é muito especial", disse. Maria Kamyla foi aprovada em primeiro lugar em Medicina na chamada regular do Sisu Reprodução/Sisu O auxílio de quem estava perto durante os anos de preparação foi fundamental. A estudante contou que contou com a ajuda de professores e também da família e dos amigos que estavam por perto na torcida pela aprovação. "Sempre fui incentivada pelos meus pais e meu irmão a seguir meu sonho, seja qual fosse, eles acreditavam mais em mim do que eu mesma, por isso essa conquista não é só minha, mas deles também, que sempre deram tudo de si para que eu alcançasse meu sonho", disse Maria Kamyla. Ao observar os anos passados, eu percebo que foi um processo de desenvolvimento pessoal e acadêmico que me levou a essa conquista tão sonhada. No ano passado eu fiquei em terceiro na lista de espera, mas abriu apenas uma vaga , e percebi que estava muito próxima de realizar meu sonho. Então nesse ano de 2023 me dediquei em observar minhas dificuldades e trabalhar em cima delas.

Celimar de Meneses

Deixe um comentário