Paraíba tem a 5ª maior proporção do país de mulheres entre 15 e 24 anos que não estudam


Indicador, que também contempla mulheres na mesma faixa etária que não trabalham, pode ter influência de outros aspectos. Paraíba tem a 5ª maior proporção de mulheres entre 15 e 24 anos que não estudam no Brasil Reprodução/EPTV A Paraíba ocupa a 5ª posição na lista de estados do Brasil com a maior proporção de mulheres que não estudam ou não trabalham, que é de 30,9%. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, e foram levantados no ano de 2022. A taxa está 10 pontos percentuais acima do que a de homens na mesma idade, que estão na mesma situação, e formam 21,7%. Já o percentual que faz a média estadual entre homens e mulheres, com idades de 15 a 24 anos, que não estão na escola ou no mercado de trabalho é de 26,3%, menor do que a que corresponde ao sexo feminino. Com esse resultado, a Paraíba é o 3º estado no Nordeste com a maior proporção de mulheres que não estudam. O percentual, levando em consideração o grupo feminino na região, é de 29,6%. Já em todo o país, 23% das mulheres entre 15 e 24 anos estudam ou trabalham, enquanto 14,6% dos homens estão na mesma situação. A taxa geral é de 18,7%. Esses números podem ter influência direta de outros indicadores. Ainda na Paraíba, as mulheres, a partir dos 14 anos, dedicam aproximadamente 24 horas semanais para o cuidado com pessoas ou atividades domésticas. Já o tempo destinado pelos homens para as mesmas ações cai pela metade, sendo de cerca de 12 horas por semana. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Dino

Deixe um comentário