Corpo e carro de integrante do MST são achados carbonizados em Alhandra, Litoral Sul da PB


José Roberto da Rocha era agricultor e apontado por amigos como liderança do MST na região. José Roberto da Rocha, de 53 anos, era agricultor e integrante do MST em Alhandra, PB Ewerton Correia/TV Cabo Branco O corpo de um agricultor de 53 anos e integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra na Paraíba (MST-PB) foi achado carbonizado ao lado de um veículo queimado na zona rural da cidade de Alhandra, no Litoral Sul paraibano, na manhã deste domingo (24). Segundo a Polícia Militar, por volta das 9h, moradores do distrito de Mata Redonda encontraram o veículo e o corpo entre as plantações da região, que fica próxima a um pré-assentamento da cidade. Documentos da vítima e projéteis de armas de fogo foram encontrados no local. Corpo e carro de integrante do MST foram achados carbonizados na zona rural de Alhandra, na PB Ewerton Correia/TV Cabo Branco Na perícia inicial feita no local, o perito Gumercindo Santos, do Instituto de Polícia Científica (IPC) disse que devido ao estado do corpo, não foi possível determinar a causa da morte no local. Somente a perícia feita durante as investigações podem identificar a causa da morte e se a vítima foi morta no local ou em outra região. Conforme a PM, o agricultor foi identificado como José Roberto da Rocha, e amigos disseram que ele era uma liderança local do MST. A última vez que ele foi visto pelos amigos foi na noite do sábado (23). A motivação e a autoria do crime vão ser investigadas pela Polícia Civil. Até às 15h, a PM não conseguiu localizar e prender nenhum suspeito. Moradores do distrito Mata Redonda acharam o corpo carbonizado da vítima em uma região próxima a um pré-assentamento do MST Ewerton Correia/TV Cabo Branco Vídeos mais assistidos da Paraíba

Dino

Deixe um comentário