Novo decreto da Paraíba será publicado na próxima quinta e terá flexibilizações, sinaliza governador


O próximo decreto do Governo da Paraíba com medidas para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus deverá ser mais flexível, foi o que sinalizou o governador João Azevêdo (Cidadania), durante entrevista nesta terça-feira (29).

Segundo o chefe de estado, houve uma queda significativa na ocupação dos leitos de Covid de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais da Paraíba. Além disso, o governador destacou que várias regiões saíram da bandeira laranja para a bandeira amarela, o que sinaliza que grandes partes das cidades evoluíram em relação à pandemia.

Conforme a 28ª avaliação do Plano Novo Normal do Governo da Paraíba, divulgada no último sábado (26), foi constatado que 153 cidades do estado foram classificadas na bandeira laranja, 62 na bandeira amarela e oito estão na bandeira vermelha. Na última avaliação divulgada no dia 14 de junho, nenhuma das cidades da Paraíba estava classificada na bandeira amarela e 10 foram classificadas na bandeira vermelha, o que indica que esse novo levantamento apontou uma leve evolução no cenário da pandemia no estado, conforme apurou o Notícia Paraíba.

João Azevêdo destacou também que o novo decreto será editado e possivelmente terá algumas flexibilizações, tendo em vista esses cenários positivos, mas que algumas restrições devem e serão mantidas.

“A gente terá um decreto que poderá flexibilizar alguma coisa, mas não é abrir geral, ainda não podemos abrir geral, pois são cerca de 15 vidas que se perde todo dia na Paraíba. Enquanto não tivermos 75% da população vacinada, a gente vai viver na expectativa de novos decretos”, declarou.

O decreto será publicado na próxima quinta-feira , dia 1º de julho, conforme informou o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros ao Notícia Paraíba.

O documento vigente manteve o toque de recolher entre 0h e 5h, flexibilizou o horário de funcionamento do comércio, bares e restaurantes, entre outras medidas e tem validade até o dia 2 de julho, próxima sexta-feira.

Teixeira em Foco

Teixeira em Foco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.