Ensino superior é diferencial para quem quer ingressar no mercado de trabalho


Chef de cozinha formado pela FPB explica como a graduação foi essencial na hora de se colocar no universo gastronômico Gastronomia na FPB é o primeiro curso da Paraíba e possui o melhor complexo gastronômico do estado, com 4 espaços pedagógicos, entre eles, cozinhas e sala-bar Divulgação/FPB “Um diploma faz toda diferença na hora de encarar o mercado de trabalho”, diz Tito Ramalho, o chef de cozinha que encontrou na paixão pela gastronomia uma oportunidade de ingressar na área. Tito não está errado, o ensino superior é uma forma de investimento de carreira a médio prazo em um setor cada vez mais exigente e competitivo. Apesar dos desafios na economia devido à pandemia da Covid-19, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirma que a população empregada que possui nível superior é a única parcela de trabalhadores que apresenta taxas de expansão. Natural de Patos, no sertão da Paraíba, Tito chegou a cursar História e Direito, mas nunca conseguiu se identificar com essas áreas. Quando finalmente decidiu abraçar sua vocação e se matricular no curso de Gastronomia da Faculdade Internacional da Paraíba (FPB), ele percebeu as infinitas possibilidades que circundam a área gastronômica. “Escolhi o curso de Gastronomia na FPB por ser um curso que eu enxergo um grande potencial de mercado, seja empreendendo ou trabalhando. Também é uma área que permite ao profissional explorar diversas funções, inclusive no exterior, pois o conhecimento gastronômico é universal”, explicou Tito. E foi com essa ideia na cabeça que ele vestiu a doma e se aventurou nas cozinhas da faculdade. O chef Tito hoje tem não só a graduação de Gastronomia como também em alta gastronomia, um aperfeiçoamento que ele enxergou como necessário após a vivência na instituição. Depois de uma vivência estudantil exitosa, Tito voltou aos corredores da FPB, dessa vez como professor do curso que mudou sua vida. Hoje, ele ensina tudo o que aprendeu em sala de aula. “A faculdade me deu essa oportunidade de ocupar o espaço antes ocupado por professores a quem muito admiro e procuro dar continuidade às suas missões de formar profissionais conscientes e competentes”, declarou Tito. Quando questionado sobre o curso e a importância que ele teve em sua vida não só profissional, mas como um todo, Tito não poupou palavras para descrever como esse período em sua vida foi transformador. “A graduação me trouxe muitas realizações pessoais e profissionais, mudando bastante minha rotina e o próprio estilo de vida, de como encaro as coisas. Devido à própria natureza encantadora do curso, tudo desabrochou com muita harmonia e animação. Mesmo antes de ingressar na faculdade, eu já incentivava bastante as pessoas a procurarem o curso e elogiava muito, pois gastronomia oferece um relance amplo e irrestrito ao mundo em que vivemos por respirar cultura e conhecimento, não apenas técnico, mas de vivência.”, explicou ele. Os dados do Instituto Semesp, divulgados em 2020, mostram um futuro empregatício muito mais otimista para quem possui formação superior. Quem tem um diploma na mão possui 54% menos chances de ficar desempregado se comparado às pessoas que possuem apenas o ensino médio ou fundamental completo. “Um diploma faz toda diferença na hora de encarar o mercado de trabalho, não apenas por ser uma formalidade, mas por ser um atestado de eficiência, de compromisso, aprendizado. A gastronomia pessoense passou por uma grande transformação desde que a FPB passou a oferecer o curso, pois está a formar toda uma nova geração de profissionais gabaritados que enriquece o setor com todo esse conhecimento”, disse Tito. Gastronomia na FPB Durante o curso de Gastronomia da FPB, o aluno é preparado para desenvolver uma visão de negócios e identificar oportunidades e elaborar projetos na criação, implantação, gerenciamento e operacionalização de empreendimentos gastronômicos. O estudante também é levado a elaborar produções culinárias, considerando aspectos culturais, econômicos e sociais, mediante uso racional e consciente dos recursos ambientais e outros. O curso na FPB é o primeiro da Paraíba e possui o melhor complexo gastronômico do estado, com 4 espaços pedagógicos, entre eles, cozinhas e sala-bar.
G1 > Paraíba

G1 > Paraíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.