Marco Aurélio Ribeiro, de 30 anos, foi um dos dois brasileiros selecionados para o programa. Natural de Bezerros, o engenheiro Marco Aurélio Ribeiro foi selecionado para o Programa de Cocriação de Conhecimento, no Japão Arquivo pessoal O engenheiro ambiental Marco Aurélio Ribeiro, de 30 anos, foi um dos dois brasileiros aprovados em uma seleção para o Programa de Cocriação de Conhecimento, desenvolvido pela Agência de Cooperação Internacional do Japão (Japan International Cooperation Agency). Natural de Bezerros, no Agreste de Pernambuco, o engenheiro atualmente atua como gerente executivo de Meio Ambiente, na Secretaria de Agricultura do município. "Senti-me muito honrado por representar o Brasil, em especial meu amado estado Pernambuco e principalmente minha Terra do Papangu, Bezerros", ressaltou o engenheiro ambiental. No total, nove profissionais foram selecionados em todo o mundo. O programa foi implantado como parte da Assistência Oficial ao Desenvolvimento do Governo do Japão (Japan's ODA). "O processo seletivo foi de base curricular, experiências profissionais, vínculo governamental, questionário de levantamento de dados da cidade de Bezerros e elaboração de uma prospecção do que pode ser realizado com o conhecimento que será adquirido no curso", disse Marco ao G1. "O objetivo do projeto é fazer com que os participantes possam propor planos de ações e aprimoramento de conhecimento que auxiliem o governo local do país do membro participante na prática da gestão, de forma adequada, de resíduos sólidos", conforme informou a assessoria de Bezerros. Marco está realizando um curso, de forma remota, de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Urbanos com ênfase na coleta, transporte e disposição desde o dia 1º de julho. O curso será concluído no dia 31 de outubro. No dia 17 de janeiro de 2022, o engenheiro ambiental, irá viajar para o Japão para realizar o intercâmbio. "A volta [do intercâmbio] será na primeira semana de março. No Japão será apresentada a situação da Gestão de Resíduos Sólidos local. Como participante devo apresentar um possível plano com o que foi aprendido no período EAD do curso para ser implantado em Bezerros e esse plano será modificado/incrementado/melhorado com as opiniões dos participantes do curso, exemplo local da gestão do Japão e como também dos tutores japoneses do curso", detalhou Marco. Vídeos de Caruaru e Região

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.