Micro e pequenas empresas geram mais de 2,7 mil empregos formais no mês de maio na PB


Em João Pessoa, foram gerados 973 novos postos de trabalho e Campina Grande foi responsável pela geração de 315 vagas. Área que mais registrou empregos em micro e pequenas empresas foi o setor de serviços Jefferson Severiano Neves/EPTV Micro e pequenas empresas paraibanas geraram, em maio deste ano, 2.777 novas vagas de emprego formal, conforme levantamento realizado pelo Sebrae Paraíba com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). A pesquisa também aponta que, no acumulado do ano, ou seja, de janeiro a maio de 2021, houve um saldo positivo de 11.359 postos de trabalho criados no estado pelo mesmo setor. O levantamento do Sebrae Paraíba mostra que a área que mais registrou empregos em micro e pequenas empresas foi o setor de serviços, com 1.069 vagas. Em seguida, são setores de comércio (667), indústria da transformação (311), construção (440) e agropecuária (263). Os dados revelam também que as médias e grandes empresas paraibanas, ao contrário de meses anteriores, apresentaram resultado positivo na geração de emprego formal no estado. Foram 118 novos postos de trabalho no mês de maio, enquanto as contratações realizadas por pessoas físicas tiveram saldo positivo de 15 vagas. Em João Pessoa, foram gerados 973 novos postos de trabalho nas micro e pequenas empresas em maio deste ano. As de Campina Grande foram responsáveis pela geração de 315 vagas. Outras duas cidades paraibanas se destacaram no levantamento de maio. Os municípios de Mataraca e Pilar geraram, respectivamente, 280 e 260 vagas de empregos formais no período. Vídeos mais assistidos do G1 Paraíba
G1 > Paraíba

G1 > Paraíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.