Mulher que antecipou parto por causa da Covid-19 recebe alta após quase dois meses internada em PE


Carla Maria Feitosa, de 34 anos, é moradora de Jaqueira, na Mata Sul, e foi diagnosticada com Covid-19 quando estava no 7º mês de gestação da quinta filha. Mulher de Jaqueira ficou 54 dias internada com Covid-19 Reprodução Uma mulher que antecipou o parto por causa da Covid-19 recebeu alta após quase dois meses internada. Carla Maria Feitosa, de 34 anos, é moradora de Jaqueira, na Mata Sul de Pernambuco, e foi diagnosticada com o novo coronavírus quando estava no 7º mês de gestação da quinta filha. Ela chegou a ficar 18 dias entubada, passou por traqueostomia e recebeu alta médica depois de 54 dias. A dona de casa ficou internada no Instituto de Medicina Integral Fernando Figueira (Imip), nos Coelhos, no Recife. Carla, que mora com a família em Jaqueira, conta que quando procurou atendimento no Hospital Municipal sentia dores nas pernas. Chegou a voltar para a unidade de saúde mais de uma vez, pois começou a apresentar febre e muito cansaço. Como a temperatura não baixava, o médico plantonista encaminhou a paciente para fazer testagem do vírus. Mas não deu tempo de esperar o resultado do exame. Ela foi socorrida para o Imip, como o caso se agravou, no quarto dia, ela já apresentava falta de ar, tosse e febre, e chegou a passar por traqueostomia. No dia 7 de maio, Carla passou por uma cesárea às pressas, onde nasceu Kamilly Vitória, a quinta filha dela, a terceira com o marido Eduardo José, mototaxista. A mãe conta que a filha ficou 15 dias em observação, recebeu alta e ficou sob cuidados do pai e da avó. Quando saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratar a Covid, a paciente revelou que ficou mais de dez dias em um leito de enfermaria, aguardando liberação do serviço de obstetrícia. A bebê não foi infectada pela doença.
G1 > Caruaru e Região

G1 > Caruaru e Região

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.