Estudante de direito é preso suspeito de agredir companheira grávida, em Cabedelo, na PB

Suspeito já usa tornozeleira eletrônica e responde por outros crimes de violência contra a mulher, segundo a polícia. Um estudante de direito, de 22 anos, foi preso no início da noite da quarta-feira (7) suspeito de agredir a companheira dele, em Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa. Segundo a Polícia Civil, a vítima, que também tem 22 anos, está grávida do homem. De acordo com a polícia, no momento da prisão do suspeito, o casal estaria sob efeitos de drogas. O homem já usa uma tornozeleira eletrônica e responde por outros crimes da Lei Maria da Penha. A vítima foi socorrida e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde recebeu atendimento médico. Ainda conforme a polícia, essa é a segunda vez que o homem é denunciado por agredir a companheira. Até as 9h desta quinta-feira (8), o suspeito estava detido na carceragem da Central de Polícia Civil de João Pessoa, onde permanece à disposição da Justiça.
G1 > Paraíba

G1 > Paraíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.