A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da Alemanha acelerou para 7,4% em abril, ante 7,3% em março, e atingiu o maior nível desde 1981. Na comparação mensal, de abril contra março, o CPI alemão subiu 0,8%.

Os dados finais foram publicados nesta quarta-feira (11) pela Destatis (a agência de estatísticas alemã).

Os números vieram em linha com as expectativas de analistas consultados pelo jornal The Wall Street Journal e confirmaram estimativas preliminares.

China

Na China, o índice de preços ao consumidor (CPI) subiu 2,1% em abril na comparação anual, acelerando em relação à alta de 1,5% registrada em março, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas chinês (NBS, na sigla em inglês).

O resultado foi 0,1 ponto porcentual acima do projetado por economistas consultados pelo The Wall Street Journal. Na comparação mensal, de abril contra março, o CPI subiu 0,4%.

Já o índice de preços ao produtor (PPI) da China subiu 8,0% em abril na comparação anual, uma desaceleração em relação aos 8,3% registrados em março.

O resultado, no entanto, também superou as expectativas dos analistas (que previam alta de 7,8%). Na comparação mensal, o PPI subiu 0,6% em abril.

Leia também:

Ainda não investe no exterior? Estrategista da XP dá aula gratuita sobre como virar sócio das maiores empresas do mundo, direto do seu celular – e sem falar inglês

The post CPI: taxa de inflação na Alemanha acelera para maior nível desde 1981 appeared first on InfoMoney.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.