Linha de trajeto 120 circula pelos bairros Muçumagro, Parque do Sol, Valentina, Novo Milênio, Colinas do Sul, Novo Geisel, Geisel, Oitizeiro, Cruz das Armas, Jaguaribe, Centro e Lagoa. Motorista de ônibus publica vídeos que 'brincam' com trajeto de quase 3 horas Após passar por 11 assaltos durante o trabalho, Jefferson Torres, de 31 anos, decidiu criar um novo hábito: 'brincar' com as situações da rotina e publicar vídeos exibindo o dia a dia de um motorista de ônibus. O trajeto de quase 3 horas dentro de João Pessoa se torna mais leve, engraçado e descontraído. Hoje, os vídeos acumulam mais de 150 mil visualizações em uma rede social. A linha de trajeto 120 circula pelos bairros Muçumagro, Parque do Sol, Valentina, Novo Milênio, Colinas do Sul, Novo Geisel, Geisel, Oitizeiro, Cruz das Armas, Jaguaribe, Centro e Lagoa; depois, volta tudo. Jefferson circula por esse percurso durante 11 horas, diariamente. São 6 horas pela manhã e 5 horas pela tarde. A carga horária é extensa porque ele folga integralmente no sábado e domingo. Motorista TikToker precisou optar pelo trabalho O ingresso na profissão começou há 8 anos. Jefferson saiu do ensino médio e tentou fazer um curso superior na área de comunicação. Ele precisou desistir devido ao trabalho, que era necessário para ajudar a esposa com as despesas de casa. Os vídeos surgiram de situações que acontecem no cotidiano do motorista. Após alguns traumas provocados pelos acontecimentos na profissão, Jefferson precisou solicitar as férias porque não conseguia lidar com a sensação de que poderia ser assaltado a qualquer momento. "Pra voltar eu tinha que mudar alguma coisa, e eu não queria deixar meu emprego", contou. Foi a partir disso que o motorista buscou uma alternativa para suavizar, mesmo que gradativamente, a rotina exaustiva e traumática. Foi postado um primeiro vídeo com outros colegas de trabalho, que teve bastante repercussão. Antes disso, ele só postava conteúdo pessoal, nada relacionado à rotina. Quando percebeu que tinha muitas visualizações, Jefferson decidiu postar mais vídeos com relação ao trabalho. "Aquilo foi me tirando um pouco do estresse do dia a dia e me fazendo esquecer daquelas situações que eu havia passado dentro do ônibus", relatou. O motorista chegou a ingressar em um curso de Publicidade e Marketing, mas não deu continuidade. "Sempre gostei dessa área de marketing, de brincar, de levar entretenimento para os outros. A forma que eu encontrei pra isso foi as redes sociais", disse Jefferson. Empresa questionou divulgações Quando começou a publicar os vídeos, o motorista relatou que tanto a família, quanto os colegas, debochavam dele pela atitude. Diziam para ele ir trabalhar e deixar as brincadeiras de lado. Porém, aos poucos, a esposa e os amigos começaram a aceitar o novo blogueiro. Hoje, eles fazem parte do conteúdo publicado. A empresa, no entanto, chamou o trabalhador para questionar se ele estava dirigindo e fazendo o uso do celular simultaneamente, para gravar os vídeos. Jefferson explicou que, durante a conversa, avisou que os vídeos eram gravados durante os intervalos e fora do horário de expediente. Com isso, ele continou publicando e crescendo nas redes sociais. Apesar das dificuldades, o motorista visualiza que, através dos vídeos, conseguiu tornar a rotina mais tranquila, as pessoas sorriem, comentam, e ele é grato pelo reconhecimento. "Transformar uma pessoa que estava num momento difícil, ver um vídeo meu e sorrir, já tá bom demais pra mim". Motorista de ônibus publica vídeos que 'brincam' com trajeto de quase 3 horas, em João Pessoa Jefferson Torres/Arquivo pessoal Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.