O promotor Reus Alexandre informou à TV Asa Branca nesta quarta (11) que estava saindo da sessão do Tribunal do Júri de Caetés e estava a caminho de casa quando flagrou o acidente. Um promotor de Justiça flagrou um acidente na BR-424 na segunda-feira (9) e deu voz de prisão a um homem, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. O promotor Reus Alexandre Serafini do Amaral informou à TV Asa Branca nesta quarta (11) que estava saindo da sessão do Tribunal do Júri de Caetés e estava a caminho de casa quando flagrou o acidente. O promotor disse que "percebeu que o condutor do carro da frente estava alcoolizado, dirigindo em zigue zague" e acompanhou e próximo a Garanhuns. Em seguida, o promotor de Justiça viu o motorista o ultrapassar um caminhão, entrar no acostamento da pista contrária e atropelar uma mulher. O homem seguiu pela rodovia e parou em frente a uma oficina, em uma estrada de terra. Foi quando o promotor abordou o homem, deu voz de prisão e acionou a polícia. O motorista foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Garanhuns. Por telefone, o delegado Marcelo Francisco informou ao g1 que o homem foi autuado em flagrante por lesão corporal, alcoolemia e omissão de socorro, e, em seguida, foi encaminhado para audiência de custódia. Na audiência, o motorista foi liberado e pagou fiança de um salário mínimo. Até o momento, o estado de saúde da mulher que foi atropelada não foi informado. Vídeos de Caruaru e Região

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.