Apenas 27% do público alvo da Paraíba já se vacinou em 2022. Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB) TV Cabo Branco/Reprodução Existem atualmente quatro casos suspeitos de sarampo na Paraíba e o Governo alerta para a necessidade de vacinação da população. As informações estão no Boletim Epidemiológico nº 1/2022 da Secretaria de Estado da Saúde (SES), publicado nesta sexta-feira (13) e com dados referentes até 30 de abril. Inicialmente eram 16 os casos suspeitos, sendo 14 de sarampo e dois de rubéola, mas exames laboratoriais já descartaram a maioria deles. Ainda assim, a SES diz que as suspeitas servem de alerta para a população. Muito por causa disso, a Paraíba segue com a campanha de imunização contra sarampo e rubéola até o dia 3 de junho, com uma vacina que protege para ambas as doenças. Estão sendo imunizadas crianças de 6 meses a menores de 5 anos e profissionais de saúde. O Núcleo de Doenças e Agravos Transmissíveis da SES registra que a vacinação é o método mais eficiente para prevenir as doenças. No entanto, ainda que a meta de aplicação desse imunobiológico seja de 95%, a Paraíba registra apenas 27% da população alvo imunizada com a primeira dose e 17% com a segunda dose da vacina. A SES informa ainda que a população tem que ficar atenta aos sintomas. Manchas vermelhas na pele e febre, associadas à conjuntivite, tosse e/ou coriza são indícios fortes da presença de sarampo ou rubéola, independente da idade e da situação vacinal. Nesses casos, uma unidade de saúde deve ser procurada para notificação no prazo máximo de 24 horas. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.