CEO da Binance causa pânico após insinuar que poderia fechar maior exchange cripto da Índia

Changpeng “CZ” Zhao, CEO da exchange de criptomoedas Binance, provocou pânico entre os usuários da WazirX, umas das maiores exchanges da Índia. CZ disse que a Binance poderia encerrar a plataforma indiana de cripto e aconselhou seus usuários a transferirem seus fundos para a Binance.

A afirmação veio enquanto CZ negava as alegações feitas pelo fundador da WazirX, Nischal Shetty, de que a exchange indiana é de propriedade da Binance após uma investigação de agências governamentais indianas.

“A Binance fornece serviços de carteira para a WazirX. O domínio WazirX é transferido para nosso controle. Recebemos um acesso compartilhado a uma conta da AWS. Poderíamos encerrar o WazirX. Mas não podemos, porque isso prejudicaria os usuários”, twittou CZ.

“Se você tem fundos na WazirX, deve transferi-los para a Binance. Simples assim”, completou.

Leia mais:
Binance anuncia cripto que comprova que usuário teve identidade verificada

Os usuários, por sua vez, inundaram seu canal no Telegram perguntando se isso era verdade, se seus fundos estavam seguros e se sua moeda nativa [ativo=WRX] seria removida da Binance.

“À luz dos eventos recentes sobre a WazirX, queríamos garantir a vocês que as operações estão sendo conduzidas normalmente”, respondeu a WazirX no Telegram.

O vice-presidente da WazirX, Rajagopal Menon, também tentou acalmar os medos, afirmando: “Somos a única grande exchange de criptomoedas que permite saques completos de criptos na Índia e isso mostra o quão solventes somos e quão sensato é nosso modelo de negócios. As retiradas da rupia indiana (INR) estão funcionando e não há problemas em termos de viabilidade estrutural da empresa. A criptografia dos usuários é segura.”

O token nativo [ativo=WRX] caiu cerca de 11% desde sexta-feira (5), atualmente com preço de US$ 0,2476, de acordo com dados do site CoinMarketCap.

Contexto

Os comentários de CZ vieram depois que a Diretoria de Execução (ED, na sigla em inglês) da Índia invadiu as propriedades do diretor e cofundador do WazirX Sammer Mhatre em 5 de agosto. As propriedades foram invadidas como parte de uma investigação sobre suposta fraude em aplicativos de empréstimos instantâneos que a plataforma de criptomoedas “auxiliou ativamente”.

O Ministério das Finanças da Índia também disse que estava investigando a exchange, alegando que usou a Binance para disfarçar as transações.

Acreditava-se que a Binance fosse a proprietária da WazirX, mas CZ negou a alegação no Twitter. “A Binance não possui ações da Zanmai Labs, a entidade que opera a WazirX e estabelecida pelos fundadores originais”, disse Zhao. Referindo-se a uma postagem no blog anunciando a aquisição em novembro de 2019, CZ disse que o acordo nunca foi concluído.

Nischal Shetty, no entanto, sugeriu no Twitter que CZ estava atrapalhando a situação ao se referir ao Zanmai Labs.

“A WazirX foi adquirida pela Binance. Zanmai Labs é uma entidade indiana de minha propriedade e dos meus cofundadores. A Zanmai Labs tem licença da Binance para operar pares INR-Crypto na WazirX. A Binance opera pares de criptomoedas e processa os saques das moedas digitais”, twittou.

Ele disse que a Binance possui o nome de domínio WazirX, acesso root a seus servidores (privilégios de administrador), bem como a todos os seus ativos criptográficos e a todos os lucros. “Não confunda Zanmai com a WazirX”, acrescentou.

A Binance não respondeu ao pedido de esclarecimento do CoinDesk até o momento da publicação.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

The post CEO da Binance causa pânico após insinuar que poderia fechar maior exchange cripto da Índia appeared first on InfoMoney.

Mariana d'Ávila

Mariana d'Ávila

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.