CPI: inflação na Zona do Euro sobe 1,5% em outubro e atinge 10,6% na medição anual, dentro do esperado

A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da Zona do Euro continuou em elevação atingiu 10,6% em outubro na comparação anual, após ter batido em 9,9% em setembro. Um ano antes, a taxa estava em 4,1%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (17) pelo escritório de estatísticas da União Europeia, o Eurostat. Na comparação mensal, a inflação foi de 1,5%.

O dado veio praticamente em linha com as projeções:  o consenso Refinitiv projetava taxa mensal de 1,5% e anual de 10,7%.

No bloco como um todo, a inflação anual da União Europeia foi de 11,5% em outubro de 2022, ante 10,9% em setembro. Um ano antes, a taxa era de 4,4%.

As taxas anuais mais baixas foram registradas na França (7,1%), Espanha (7,3%) e Malta (7,4%), enquanto as mais elevadas foram verificadas Estônia (22,5%), Lituânia (22,1%) e Hungria (21,9%).

Ante setembro, a inflação anual caiu em onze Estados-Membros, manteve-se estável em três e aumentou em treze.

Em outubro, a contribuição mais elevada para a taxa de inflação anual da área do euro veio dos produtos de energia (+4,44 pontos porcentuais), seguidos de alimentação, álcool e tabaco (+2,74 pp), os serviços (+1,82 pp) e os bens industriais não energéticos (+1,62 pp).

Conheça as estratégias usadas pelos maiores investidores do mundo. Cadastre-se e aumente seus ganhos na Bolsa de Valores.

The post CPI: inflação na Zona do Euro sobe 1,5% em outubro e atinge 10,6% na medição anual, dentro do esperado appeared first on InfoMoney.

Roberto de Lira

Roberto de Lira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.