Candidato flagrado com celular no bolso em prova do Enem é levado a delegacia em Campina Grande


Candidatos podiam levar equipamento, mas tinham que deixá-lo dentro de um envelope porta-objetos, lacrado pelos ficais antes das provas. Delegacia da Polícia Federal, em Campina Grande, Paraíba. Jackson Rondineli/TV Paraíba Um candidato flagrado com o celular ligado no bolso da calça, enquanto respondia as questões do segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022, no domingo (20), foi levado à delegacia da Polícia Federal em Campina Grande. O equipamento foi visto pelos fiscais que trabalharam na escola, localizada no Bairro Quarenta, e acionaram a Polícia Militar. Compartilhe esta notícia no Whatsapp Compartilhe esta notícia no Telegram O g1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Polícia Federal, para saber quais medidas foram tomadas sobre o caso, mas até a última atualização desta notícia, não obteve retorno. O uso de celular e outros aparelhos eletrônicos foi proibido dentro dos locais de prova. Os candidatos podiam levar o equipamento, mas tinham que deixá-lo dentro de um envelope porta-objetos, individual, lacrado pelos ficais antes das provas. LEIA TAMBÉM: Mais de 30 mil candidatos faltam o segundo dia de provas do Enem No total, a PM registrou 15 denúncias, relacionadas com o Enem. A maior parte delas foi de perturbação do sossego, por causa de barulho perto dos locais de prova. Ao todo, 30.303 candidatos inscritos no Enem, na Paraíba, faltaram ao segundo domingo de provas, segundo o Inep. O número representa cerca de 29% do total de inscritos no Enem Impresso e Digital. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
G1 > Paraíba

G1 > Paraíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.