Luzinete, ‘A Rainha da Seresta’, morre aos 67 anos em Bayeux, na PB


Cantora deu entrada na UPA com desconforto respiratório, 15 dias após se recuperar da Covid-19, mas teve paradas cardiorrespiratórias e não resistiu. Luzinete de Bayeux era conhecida como "A Rainha da Seresta" na Grande João Pessoa. Reprodução/TV Cabo Branco A cantora Luzinete Silva Firmino, conhecida como a Rainha da Seresta, morreu na madrugada desta quinta-feira (24), em Bayeux, na Grande João Pessoa. De acordo com a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bayeux, Luzinete, que tinha 67 anos, deu entrada com um quadro de desconforto respiratório, mas sofreu sucessivas paradas cardiorrespiratórias de madrugada, e não resistiu. Conforme a família de Luzinete, ela teve Covid-19 há cerca de 15 dias, mas estava recuperada. No final da tarde da quarta-feira (23), ela começou a sentir os sintomas respiratórios e foi levada para UPA. Na unidade, ela ficou inicialmente na área amarela, mas o quadro piorou e ela foi levada para a área vermelha, onde morreu por volta das 0h30. Até às 7h15, a família não havia divulgado informações sobre velório e enterro da cantora. Luzinete de Bayeux era conhecida do público da Região Metropolitana de João Pessoa por seus shows interpretando clássicos da seresta em bares e restaurantes da região. No início da pandemia, em 2020, ela foi uma das primeiras artistas a fazer lives nas redes sociais, reunindo mais de 10 mil pessoas em uma de suas várias transmissões. Vídeos mais assistidos da Paraíba
G1 > Paraíba

G1 > Paraíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.