Por conta de ataque de abelhas, Marcos Oliveira e Wellington Rocha bateram no hospital

Uma trilha na zona rural de Betânia virou um susto para o empresário e candidato a Federal nas últimas eleições,  Marcos Oliveira,  e o radialista e DJ Wellington Rocha.

Segundo relato de Wellington em sua rede social,  o passeio seguia muito bem na zona rural do município onde Marcos tem a concessão de uma de suas três emissoras comunitárias, a Betânia FM.

“No princípio tudo na paz, mata verde, cenário arretado”, relatou. “Aí, as abelhas se incomodaram com nossa presença.  Mais de 30 picadas para cada um”, disse.

Os dois acabaram sendo levados para o Hospital do município.  “Fomos parar no hospital. Cada um tomou três injeções.  Ficou o ensinamento e a aventura”.

Wellington elogiou a unidade. “Hospital pequeno, mas, de uma equipe arretada e prestativa em Betânia”.

Picadas de abelhas costumam causar irritação e ardência da pele, vermelhidão, calor generalizado, pápulas, urticárias, pressão baixa, taquicardia, dor de cabeça, náuseas e/ou vômitos, cólicas abdominais e broncoespasmos. Em casos mais graves pode ocorrer choque, insuficiência respiratória aguda, e insuficiência renal aguda.

Para haver risco de morte, são, habitualmente, necessárias centenas de ferroadas para que haja inoculação de quantidades letais de veneno.

Nos casos de reação alérgica, caracterizadas principalmente pelo aparecimento de urticária ou angioedema, o paciente deve ser levado o mais rapidamente possível a um serviço de emergência.

Nos caso de anafilaxia, o tratamento é feito com injeção intramuscular de adrenalina. Saúde para os dois amigos.

Nill Júnior

Nill Júnior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.