Em Pombal, idosa é lesada por “vendedor de ovos” e compra 2 bandejas por R$ 2.600 mil; é o 3º caso no Sertão

Mais um caso de estelionato envolvendo vendedores de ovos foi registrado no Sertão paraibano. Desta vez o fato se deu na cidade de Pombal. Após denúncia feita por uma senhora aposentada de 65 anos, a Policia Civil instaurou um inquérito para apurar o caso.

Segundo a polícia, a vítima relatou que o prejuízo foi de R$ 2.600,00 (dois mil e seiscentos reais). Ela informou que comprou duas bandejas de ovos no valor de R$ 26 a dois vendedores que transitavam em um carro pelas ruas do bairro Pereiros, em Pombal, por volta de meio dia da última terça-feira (17).

Ela disse à polícia que durante o ato do pagamento com o cartão de crédito, de princípio o homem disse para ela que a senha havia apresentado um erro e pediu para que a idosa repetisse a operação.

Ainda conforme o relato da vítima, ela só teria percebido que foi lesada pelo meliante ao ver a fatura do cartão.

A mulher disse ainda em seu depoimento que os estelionatários teriam informado que haviam sido assaltados na cidade de Aparecida, região de Sousa, e que por tal motivo não queriam receber dinheiro em espécie para evitar outra ocorrência da mesma natureza.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

TERCEIRO CASO NO SERTÃO

Outros dois casos foram registrados na semana passada nas cidades de Santa Terezinha e em Patos, também no Sertão da Paraíba. Conforme as investigações, um indivíduo lesou as mulheres ao vender caixas de ovos, sendo que na hora de fazer o pagamento pelo cartão de crédito, ele teria colocado uma quantidade exorbitante.

O delegado responsável pela investigação, Manoel Martins, conversou com o Diário do Sertão e deu detalhes sobre as ocorrências. Ele disse que o vendedor de ovos estaria comercializando seus produtos em várias cidades interioranas e vendendo cada caixa de ovos a R$ 25 cada.

A autoridade policial relatou que o fato de Santa Terezinha ocorreu na última terça-feira (17), quando o suspeito efetuou a venda de duas caixas de ovos e ao fazer o procedimento na maquineta de cartão, ao invés de colocar R$ 50 ele digitou R$ 6 mil e não deu comprovante para a cliente. Após o indivíduo se ausentar do local foi que a vítima percebeu que tinha caído no golpe.

Dr. Manoel falou que o mesmo fato ocorreu no conjunto Noel Trajano, na cidade de Patos, quando o mesmo vendedor teria usado do mesmo modus operandi e vendido duas caixas de ovos a uma senhora, que só depois da compra foi que percebeu que tinha sido lesada pelo meliante com R$ 6 mil em seu cartão de crédito. Após ciência do fato, a vítima registrou queixa na delegacia de Polícia Civil.

DIÁRIO DO SERTÃO

The post Em Pombal, idosa é lesada por “vendedor de ovos” e compra 2 bandejas por R$ 2.600 mil; é o 3º caso no Sertão appeared first on Diário do Sertão.

Luiz Adriano

Luiz Adriano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.