Hackers norte-coreanos estão por trás de roubo de US$ 100 milhões de projeto cripto, diz FBI

Dois grupos de hackers norte-coreanos – o Lazarus Group e o  APT38 – estão por trás do roubo de US$ 100 milhões em criptomoedas da Horizon Bridge em junho do ano passado, informou o Federal Bureau of Investigation (FBI) em um comunicado na segunda-feira (23).

O Horizon Bridge, um serviço que permite que ativos cripto sejam negociados entre a blockchain Harmony e outras redes, foi drenado de Ethereum (ETH), Tether (USDT) e Wrapped Bitcoin (WBTC).

O FBI disse que os hackers, associados à República Popular Democrática da Coreia (nome oficial da Coreia do Norte), contaram com uma campanha de malware conhecida como “TraderTraitor” no ataque à rede Harmony.

Duas semanas atrás, o protocolo de privacidade Railgun foi usado para lavar mais de US$ 60 milhões em ETH roubados durante o roubo do ano passado, segundo o FBI. Uma parte foi enviada para outros provedores de serviços e alterada para BTC. Alguns dos fundos foram congelados e outros foram transferidos para endereços identificados no comunicado da agência.

Leia também:

Pelo menos uma empresa de pesquisa do setor já havia chegado parcialmente à mesma conclusão sobre a identidade dos atacantes no ano passado, identificando o Lazarus e a Coreia do Norte.

As autoridades dos EUA disseram que os roubos de criptomoedas e a lavagem de ativos no país são usados ​​“para apoiar os programas de mísseis balísticos e armas de destruição em massa”, de acordo com o comunicado.

O Lazarus Group já havia sido acusado de roubar mais de US$ 600 milhões em criptomoedas da Ronin, uma ponte (solução de ligação de blockchains) ligada ao game Axie Infinity (AXS).

Saiba como diversificar o patrimônio e diminuir seus riscos investindo no exterior com facilidade e segurança (parceria com a XP)

The post Hackers norte-coreanos estão por trás de roubo de US$ 100 milhões de projeto cripto, diz FBI appeared first on InfoMoney.

lucasgmarins

lucasgmarins

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.